Páginas

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Regional: Arqueólogos encontram esqueleto de índio em urna na Serra do Evaristo

Um achado importante animou os integrantes da expedição exploradora do Cemitério Indígena, na Serra do Evaristo, em Baturité (CE). Na semana passada, o professor e pesquisador Sérgio Francisco, doutor em arqueologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), encontrou, dentro de uma das urnas resgatadas, o esqueleto quase completo de um índio. Além do esqueleto, também foram encontradas ossos de pequenos animais de caça e panelinhas de barro utilizadas no ritual fúnebre. Segundo o professor Sérgio Francisco, os objetos que foram utilizados no funeral do índio demonstram que ele deveria ser uma autoridade na tribo. O índio, do sexo masculino, tinha idade superior a 60 anos quando foi enterrado. Os moradores da Comunidade Quilombola do Evaristo, construída sobre o cemitério indígena, ao saberem da novidade, não perderam tempo e já apelidaram o esqueleto de “Tichico”.

Serra do Evaristo
O sítio-cemitério que existe na Serra do Evaristo é caracterizado pela presença de várias urnas de cerâmica, provavelmente utilizadas em rituais de sepultamento de indígenas que habitavam a região há centenas de anos.  O projeto inicial do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Arquitetônico Nacional) terá uma duração de seis meses para a conclusão das pesquisas e divulgação dos resultados.
Com informações de www.unilab.edu.br 

domingo, 29 de abril de 2012

Jair Santos assina a 17ª Edição do Destaque de Domingo

Antônio Jair Santos Oliveira (BOB) é filho de Francisco Rodrigues Oliveira e Maria Luiza Santos Oliveira, natural de Aratuba, nasceu em 12 de Maio de 1986, atualmente é professor de Música lotado na Secretaria de Educação Básica do município de Aratuba, cursou os primeiros anos da vida escolar no Centro Educacional Monsenhor José Barbosa (CNEC) e concluiu o ensino fundamental na Escola Professora Maria Júlia, posteriormente estudando na Escola Joacy Pereira onde concluiu seu Ensino Médio, no ano de 2011 deu mais um passo, na busca pelo crescimento pessoal e profissional tornando se professor da rede municipal de Educação. Tem formação de Técnico em informática pela Escola Técnica de Maracanaú, atualmente é acadêmico do curso Teologia com Habilitação em Língua Portuguesa no IFETE.
Toca saxofone há 08 anos, desde cedo se dedica a música como parte de sua vida participando de vários cursos de música e apresentações artísticas.
“O saxofone é um instrumento incrível, lindo, maravilhoso de se tocar, em minha vida o estudo da música, me trouxe vários ensinamentos, assim agradeço por fazer parte desse mundo de musical onde às portas estão sempre abertas para novas personalidades surgirem e mostrarem seus talentos.” Disse Jair. 

sábado, 28 de abril de 2012

FOTOGRAFADOS NAS RUAS DE ARATUBA - 5ª EDIÇÃO

Na última sexta-feira (27), nossa redação esteve nas ruas, repartições e comércios de Aratuba registrando a rotina desta pacata cidade que por sinal estava bastante agitada. No espetinho do Expedito a galera estava fazendo a festa. Já na praça Thompson e companhia estavam de boa usando um notebook, no final da tarde o vai e vem dos alunos deu aquele requinte para finalizar o dia com agitação.
Confira nas imagens abaixo a rotina dos Clicados das Ruas de Aratuba.
  

Aratuba – Moradores de Barreiros são beneficiados com ação solidária de ONG

A rotina da comunidade de Barreiros no dia 21 de abril foi bastante agitada com a ação solidária do projeto Jardineiros de Cristo realizado pela Instituição Pepe - Manibura e a Igreja Batista Shema, ambas com sede na cidade de Fortaleza.
O Projeto teve o objetivo de facilitar a todo cidadão o acesso aos direitos essenciais e unir instituições a prestarem serviços gratuitos de relevância social para a população. Os moradores tiveram acesso aos serviços de assessoria jurídica, emissão de carteira de identidade, palestras temáticas, atendimento médico, higiene pessoal, teste de glicemia, aconselhamento pastoral e oficinas para o público infantil.
GALERIA DE IMAGENS



sexta-feira, 27 de abril de 2012

Plantão Médico:A importância da amamentação para a saúde bucal das crianças

A amamentação e a Odontologia:

A amamentação tem sido incentivada por ser o leite materno não só o alimento mais completo e digestivo para crianças de até um ano de idade, como também por ter ação imunizante, protegendo-as de diversas doenças. Crianças aleitadas ao peito têm melhor desenvolvimento mental e maior equilíbrio emocional. A amamentação é gratificante para a mãe e interfere beneficamente na saúde da mulher, por exemplo, diminuindo a probabilidade de câncer de mama, ajudando na involução do útero e na depressão pós-parto. A amamentação tem reflexos futuros na fala, respiração e dentição da criança.

Um exercício muito importante:

Quando a criança é amamentada, está não só sendo alimentada, como também fazendo um exercício físico importante para desenvolver sua ossatura e musculatura bucal. Ao nascer, o bebê tem o maxilar inferior muito pequeno, que irá alcançar equilíbrio no tamanho em relação ao maxilar superior tendo seu crescimento estimulado pela sucção do peito. Toda a musculatura bucal é desenvolvida, músculos externos e internos, que, solicitados, desenvolvem os ossos.

Uma atitude na tentativa de evitar apinhamento dental (dentes "entramelados"):
Maxilares melhor desenvolvidos propiciarão um melhor alinhamento da dentição, diminuindo a necessidade futura do uso de aparelhos ortodônticos. Músculos firmes ajudarão na fala. Durante a amamentação, aprende-se a respirar corretamente pelo nariz, evitando amigdalites, pneumonias, entre outras doenças. Quando a criança respira pela boca, os dentes ressecados ficam mais expostos à cárie e as gengivas ficam inflamadas, os maxilares tendem a sofrer deformações e os dentes a ficar "encavalados", aumentando também o processo de cárie.

A amamentação prepara o bebê para a mastigação:
A mamadeira costuma tornar-se uma companheira para as crianças ao longo de anos, habituando-a a uma dieta mole e adocicada, que aumenta o risco de cáries (cárie de mamadeira); a criança tende a recusar alimentos que requeiram mastigação. Depois da amamentação, a mastigação correta continuará a tarefa de exercitar ossos e músculos. A amamentação prepara a criança para a mastigação. Muitas mães reclamam que seus filhos, já crescidos, não mastigam corretamente e recusam verduras e frutas, apreciando apenas doces e iogurtes. Esquecem-se essas mães de que o que os habituou a essa dieta foi o uso prolongado da mamadeira. Mastigação incorreta pode levar também a problemas de obesidade e de estômago.

Prevenindo a cárie:
A primeira consulta odontológica de uma criança deveria ser antes do nascimento de seu primeiro dentinho; nesse primeiro encontro, o odontopediatra orientaria a respeito da higienização, dieta e como proceder quando os dentes começarem a irromper e a incomodar o bebê. Entre outras coisas, aconselharia os pais a acostumarem-se a levar seus bebês ao dentista, assim como os levam ao pediatra, no sentido de se poder acompanhar de perto o desenvolvimento destes na tentativa da erradicação da doença cárie.
Dr. Hellanyo N. Lemos
Cirurgião-Dentista
CRO – CE 5154

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Bastidores da V Edição dos Jogos Indígenas de Aratuba



Aconteceu no último sábado (21), a V Edição dos Jogos Indígenas do Povo Kanindé de Aratuba com a participação das aldeias Fernandes e Balança, com provas de corrida de tora, arco e flecha, cabo de guerra, e futebol. Os jogos permitem a integração e a promoção dos povos indígenas, que expressam na competição a riqueza e a variedade de suas tradições, costumes, expressões corporais, entre outros valores, na verdade não havia disputa entre eles. Para os índios Kanindés não havia primeiro, segundo ou terceiro lugar, na hora da premiação cada aldeia recebeu um troféu pelo empenho, disciplina e a valorização da cultura. A equipe que se sobressaiu com mais desempenho no futebol recebeu simbolicamente um troféu.

CONFIRA AS IMAGENS


quarta-feira, 25 de abril de 2012

Aratuba sedia Cristoteca do Maciço de Baturité


A cidade de Aratuba recebeu na noite da última sexta-feira jovens de várias cidades do Maciço de Baturité e regiões do próprio município para uma balada cristã realizada pela por jovens integrantes das pastorais da juventude e da crisma (Aratuba), esse tipo de evento é o primeiro realizado na região. Confira tudo que rolou nas lentes de nossa colaboradora especial Raína Alves.

NAS LENTES DE RAÍNA ALVES



AJB Promove o maior torneio socyet de futebol da região sertão


A Associação de Jovens da Barriguda e Adjacência – AJBA, realizou neste último dia 07, na localidade Barriguda, o Torneio Socyet de Futebol com participação de 24 seleções divididas entre 22 times masculinos e 02 femininos, a premiação do torneio masculino foi de R$ 200,00 com um troféu e passeio para General Sampaio para o time campeão. Já o vice-campeão faturou R$ 150,00 e  troféu para e o terceiro e quarto colocado levaram R$ 100 cada um. No torneio feminino as meninas vencedoras faturaram como premiação dois ternos. Um público de 300 pessoas prestigiou o evento e classificaram como o melhor da categoria realizado nos últimos anos na região do sertão.

RANKING SELEÇÃO MASULINA
1º Lugar: Time da Nova Olinda
2º Lugar:  Time do Mateus (lagoa do Inácio)
3º Lugar:  Time do Urubu (Luizinho Carioca)
4º Lugar:  Time da Boa Vista

RANKING SELEÇÃO FEMININA
1º Lugar:  Time da Kilvia de Barriguda (terno oficial rosa da AJBA).
2º Lugar:  Time da Izakelly também de Barriguda (terno amarelo).
APOIO:Clenilton Marciel, FM São Francisco, Portal Aratuba Online, blog da Paróquia,Roberto Mendes Imobiliária, Neto do Pai João, Chico Quirino, Dedé Filinto, Manel Peixoto, Evenilson Motos, Lidiano, LADEC, Júlio César.  

GALERIA DE IMAGENS



terça-feira, 24 de abril de 2012

ARATUBA GANHA NOVO VEÍCULO PARA O PSF


O Prefeito Júlio César Lima Batista recebeu ontem 23/04, das mãos do Secretário de Saúde do Estado, Arruda Bastos, um veículo automóvel novo modelo Sandero da Renault, para servir ao PSF - Programa Saúde da Família. Trata-se do reconhecimento do Governo do Estado pelo êxito das políticas públicas da área de saúde em nosso município, principalmente por Aratuba ter aderido ao Programa de Melhoria da Estratégia de Saúde da Família, com cobertura de mais de 70% (Aratuba tem cobertura do PSF superior a 100%, pois necessita de quatro equipes e possui seis) além de cumprir e superar os indicadores de vacinação, aleitamento materno, taxa de mortalidade infantil, dentre outros. Dos oito municípios que compõem a microrregião de Baturité, somente três municípios receberam veículos (Aratuba, Baturité e Itapiúna). 

Acompanhe os bastidores do SIM de Jefferson e Renata

Na tarde desta segunda-feira (23), as lentes de Valber Lima registram os bastidores do casamento civil de Jefferson e Renata, foi uma cerimônia diferente pelo quantitativo de pessoas presentes testemunhando a união do casal.  Perante o oficial da cerimônia civil, o sim sonoro veio seguido de aplausos. À noite os noivos recepcionaram os amigos mais íntimos na sua residência, o cardápio foi assinado pelo próprio Jefferson.

GALERIA DE IMAGENS





PLANTÃO POLICIAL URGENTE

Recapturados detentos foragidos da cadeia pública de Aratuba.
O destacamento de Polícia Militar de Mulungu composto pelos agentes: Sargento Celso, Cabo Lucas e Soldado Dantas  recapturaram os dois irmãos foragidos da Cadeia Pública de Aratuba nesta segunda-feira (23), por volta das 16:30hs. Os dois homens estavam escondidos em uma casa na localidade de Jardim a 04 km da Sede de Mulungu quando foram abordados de surpresa pela Polícia, não dando tempo de esboçar nenhuma reação. Clique no vídeo e ouça a matéria na integra com o radialista Noélio Costa.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Aratuba: Quadrilheiros recebem capacitação


No último sábado (21), a FEJUC – Federação de Eventos Juninos e Culturais esteve ministrando treinamento para quadrilheiros do município de Aratuba. Entre vários temas abordados, o destaque temático foi para o casamento junino e manifestações da cultura popular (tradicionalidade e contemporâneo). 
O III Festijunino está previsto para os dias 22 e 23 de junho. As premiações para as equipes vencedoras serão: 1ª colocada R$ 1.500,00; 2ª colocada R$ 500,00 e 3ª troféus. Neste ano o festival acontecerá em duas etapas: a municipal de Quadrilhas de Aratuba, e a regional com quadrilhas da região do Maciço de Baturité.
O Departamento de Turismo e Cultura foi o órgão responsável pela promoção da capacitação, agora nos resta aguardar a tão badala III Edição do Festijunino.



TOMADA DE CONTAS ESPECIAL EM ARATUBA – CONCURSO DO ANO 2005

TCE - CONCURSADOS FICAM TRANQUILIZADOS COM VOTO DO RELATOR.

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-CE) em sua terceira inspetoria no município de Aratuba determinou a Tomada de Contas Especial em decorrência da análise da contratação da CEDEPAM – Centro de Desenvolvimento e Planejamento Administrativo Municipal, Para realização de concurso Público para provimento de cargos do Município de Aratuba, no exercício de 2005. A Tomada de Contas Especial é procedimento de apuração específico que deve ser instaurado para esclarecimento integral dos fatos. 
Depois de transcorrido o processo nº TCE. 30044/07, o Conselheiro Artur Silva Filho seguindo a orientação da Procuradoria votou pela improcedência da TCE, despachando seu arquivamento e mandando cientificar aos interessados e à Prefeitura Municipal de Aratuba sobre a decisão.
VEJA AS RAZÕES DO VOTO DO CONSELHEIRO 
ARTUR SILVA FILHO  
Diante da informação técnica do TCM e, ainda de conformidade com o Parecer Jurídico e com as peças constantes dos autos. Esta Relatoria passa a comentar o fato que deu origem ao presente processo. Iniciou-se o presente feito com a análise da Contratação da CEDEPAM — Centro de Desenvolvimento e Planejamento Administrativo Municipal, Para a realização de Concurso Público para provimento de cargos do Município de Aratuba, no exercício de 2005, tendo sido identificada impropriedades, as quais se passa a comentar:

1. DATA DO CADASTRO NACIONAL DA PESSOA JURÍDICA DO INSTITUTO CIDADES (CENTRO  INTEGRADO  DE DESENVOLVIMENTO ADMINISTRATIVO)
Foi registrado inicialmente que o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Instituto Cidades apresentou data muito anterior à abertura do certame. Os interessados argumentaram que a data aposta no CNPJ é tão somente o indicativo de que a empresa tem registro formal e sua inserção no cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas do Ministério da Fazenda. Ressaltaram, ainda, a inexistência de limite legal quanto a validade do CNPJ. A equipe Técnica considerou procedentes as alegativas apresentadas, informando também que não existe dispositivo na Lei n° 8.666/93 que discipline a data de validade do CNPJ. Desta forma, fica descaracterizada a falha.

2. DAS EMPRESAS CONVIDADAS A PARTICIPAR DO CERTAME
Informou-se inicialmente que o Conselho Regional de Administração — CRA encaminhou a este Tribunal de Contas o Ofício n° 261/2006, protocolado sob o n° 28928/06, informando que as empresas organizadoras de concurso públicos que têm por fim o Recrutamento e Seleção de Candidatos às vagas nos quadros públicos estão obrigadas a terem registro junto ao CRA, conforme Lei n° 4769/95. Exigindo alvará de Habilitação do ano corrente, visando comprovar inscrição no CRA, bem como atestar a capacitação técnica averbado por este órgão. Desta forma, a Inspetoria registrou a ausência de referido registro como condição para a habilitação da empresa para participar do certame. Salientou, ainda, que devido à inaptidão da empresa ficaram apenas duas empresas válidas para concorrer ao Convite, consideram que o certame em análise é passível de nulidade, bem como todos os atos decorrentes do mesmo. Na fase de defesa, os defendentes discordaram da obrigação de inscrição no Conselho Regional de Administração. Argumentaram, também, que o ofício encaminhado pelo CRA a este Tribunal está datado de 28 de outubro de 2006 e as presentes contas referem-se ao exercício de 2005, portanto, em razão de não existirem falhas não é cabível a nulidade da Licitação e os atos decorrentes desta. Ressaltaram, ainda, que os campos de atuação do administrador foram definidos pelo CRA por meio de Resolução do Conselho Federal de Administração e não por Lei Federal e que os atos normativos do CRA não são de direito público dada a sua personalidade jurídica de direito privado. Ao analisar a defesa e a peças constantes dos autos, a Inspetoria considerou procedentes as justificativas ofertadas, sanando a questão.

03. DO CONTRATO
A Inspetoria registrou inicialmente que as irregularidades informadas comprometem a legalidade da contratação. Após a análise das justificativas e do saneamento das falhas registradas, a equipe Técnica considerou legal o contrato, sanando o questionamento inicial.


domingo, 22 de abril de 2012

Quarto de Milha na Serra de Aratuba

Venda de cobertura e potros mestiços em Aratuba, interessados devem entrar em contato com Dr. Wainer (Peixoto) através do fone (85) 99487398.
ÔMEGA AGAE - Registro nº P069194.
Pai de FEITIÇO AGAE – Campeão Nacional ABQM de Vaquejada (Classe Amador) em 2010. 
GALERIA DE IMAGENS

Hellanyo Lemos na 16ª Edição do Destaque de Domingo


Dr. Hellanyo Lemos é Cirurgião-Dentista com registro CRO – CE 5154, funcionário público do município de Aratuba fixou suas raízes definitivas em solo aratubense casando-se com a Enfermeira Iatiane Freitas. Hellanyo é um jovem profissional que escolheu Aratuba como projeto de vida, ao longo dos anos tem aberto mão de várias ofertas de empregos para não desistir de continuar em Aratuba ao lado de seus amigos e pacientes. “Hoje vou a Fortaleza em finais de semana isolados, não consigo imaginar como seria a minha vida longe dessa maravilhosa terra, é muito bom quando chego ao sitio e vou pro meio das pessoas que estão nas plantações, lá nem percebo o tempo passar e de quebra aprendo lições de vida e cresço como pessoa.Quero que meu filho sinta muito orgulho do pai dele por ter aprendido com pessoas simples que com o homem do campo aprendemos a aprender”. Disse Hellanyo a nossa redação.
Dr. Hellanyo Lemos será o novo colunista da Revista Eletrônica Aratuba Online, em breve lançaremos a COLUNA PLANTÃO MÉDICO com dicas de saúde, entrevistas e curiosidades. 

Escola estadual Joacy Pereira recebe mais de 200 novas carteiras


Na última semana, a Escola Estadual José Joacy Pereira recebeu um carregamento com mais de 200 carteiras novas. A conquista foi obtida como parte dos projetos de melhoria da escola, que hoje está sob a direção da Professora Rita Paz. O projeto, segundo a diretora, contou com o apoio da 8ª CREDE.
As carteiras que estão sendo substituídas e que se encontram em condições adequadas de uso, serão encaminhadas às extensões de ensino da referida escola que ficam na zona rural em espaços cedidos pela prefeitura. 


__________________________________________
PUBLICIDADE

sábado, 21 de abril de 2012

FOTOGRAFADOS NAS RUAS DE ARATUBA 4ª EDIÇÃO

Na última sexta-feira (20) a rotina da pacata Aratuba foi bastante agitada, logo pela manhã a população viveu a aflição de um assalto, já era meio dia quando curiosos se aglomeravam nas principais ruas da cidade para verem o carro do Google Maps que mapeava a cidade, entretanto aos poucos a rotina voltou ao normal. Confira tudo na 4ª Edição dos Fotografados nas ruas de Aratuba.
CONFIRA AS IMAGENS

sexta-feira, 20 de abril de 2012


Aratuba recebe a visita do Google Maps

Na manhã desta sexta-feira (20), a redação da Revista Eletrônica Aratuba Online registrou a visita inusitada da Google Street View mapeando as ruas do município de Aratuba. O veículo equipado com 15 câmeras fotográficas percorreu e fotografou diversas ruas da cidade registrando imagens panorâmicas em 360° graus. O carro do Google Maps Street View tem sensores de movimento para rastreamento de posições, disco rígido para armazenamento de dados e um computador para processar o sistema, além de laser para captar os dados em 3D e calcular a distância entre as imagens. Essas imagens são publicadas no site da Google, por meio do serviço Google Maps.
GALERIA DE IMAGENS

Homens armados levam dinheiro da Agência dos Correios em Aratuba

Dois homens armados invadiram a Agência dos Correios em Aratuba, no Maciço de Baturité, por volta das 9:00hs da manhã desta sexta-feira (20). Os homens não identificados entraram na Agência, renderam os funcionários e uma cliente, obrigaram a abrir o cofre e seguida fugiram com todo o dinheiro em uma moto.
A ação durou menos de um minuto, os Correios não divulgaram a quantia roubada, a Polícia Militar de Aratuba (PM) foi acionada, mas nada pode fazer, pois há mais de 15 dias a viatura do Destacamento de Aratuba encontra-se na oficina para conserto. Quase meia hora depois o reforço policial chegou através da PM de Mulungu e da Força Tática de Apoio - FTA de Canindé. Esta não é a primeira vez que a agência é assaltada.
___________________________________________________
PUBLICIDADE

quarta-feira, 18 de abril de 2012

RAIO X: “ARATUBA A CANTAR SE LEVANTA” - PARTE I

A HISTÓRIA DE UMA MÚSICA RELIGIOSA EUCARÍSTICA QUE QUASE VIROU HINO MUNICIPAL.
No dia 26 de março de 2012 na abertura da Semana do Município um grupo de alunos da Escola Professora Maria Júlia cantaram o Hino do Congresso Eucarístico e pela primeira vez na história local explicou-se aos presentes que tratava-se de um hino da paróquia e não do município como sempre conveniou-se chamar nos momentos cívicos municipais. Um exemplo disso aconteceu na inauguração do CEI – Centro de Educação Infantil de Marés em 10 de fevereiro de 2012 quando o referido hino foi cantado como Hino do Município, inclusive ao lado dos hinos do Ceará e do Brasil. Tal designação de Hino Municipal é aceita pela própria igreja, pois o título dado a música é HINO DE ARATUBA, como aparece na p. 159 do Livro de Cânticos da Paróquia São Francisco de Paula lançado em 2005 no paroquiado de José Eudásio do Nascimento Cruz. É estranho à igreja intitulá-lo como hino municipal, já que no próprio Álbum do Congresso seus títulos são: “Nossa terra é custódia de luz” e “Aratuba a cantar se levanta”, como um marco musical do 1º Congresso Eucarístico da Igreja Católica em Aratuba. Porém estranheza maior é o poder público municipal cantar uma música religiosa como se fosse o hino do município sabendo-se que o mesmo já fora reprovado como tal pelo poder legislativo local. 
Mas essa prática não é recente e precisamos conhecer sua história para entendermos como tudo começou e porque um prefeito tentou oficializá-lo no mesmo ano que a Igreja Católica o colocou no seu livro de Cântico com o título de Hino do Município.
Mas antes de conhecermos o Hino do Congresso precisamos entender primeiro a festa religiosa que ensejou sua origem. O 1º Congresso Eucarístico de Aratuba aconteceu no período de 29 de dezembro de 1945 a 1º de janeiro de 1946, numa idéia lançada pelo pároco Francisco Evaristo de Melo que trabalhou incansavelmente para a concretização do mesmo. Sua realização foi considerada um verdadeiro milagre pelos fiéis católicos pela importância e o tamanho do evento religioso. Como diz o documento do próprio congresso era um plano arrojado e as despesas eram muito elevadas, calculadas no final da festa num valor de Cr$ 30.000,00(Trinta Mil Cruzeiros). Levando-se em consideração as condições sociais da paróquia e o contexto socioeconômico da localidade era realmente uma quantia financeira exorbitante.
Várias comissões foram formadas para o bom andamento do congresso: Comissão central que cuidava das questões materiais e morais; Comissão de recepção e hospedagem que resolvia os problemas de organização do congresso; Comissão de propaganda e de arrecadação do tesouro espiritual que incluía as 75 catequistas da paróquia que cuidavam do bom desenvolvimento do congresso; e a Comissão de ornamentação e organização em geral que cuidava de muitas atividades ajudando o vigário. As fotos da época mostram muita gente participando do congresso e o Álbum informa que o escudo que era uma espécie de distintivo usado pelos católicos foram distribuídos todos num total de mais de mil.
No recinto da Praça do Congresso havia lugares para 1.200 pessoas sentadas que deveriam apresentar seu ingresso. O ingresso era concedido gratuitamente para quem desse uma esmola superior a cinco cruzeiros ou quem comprasse o escudo do congresso. Durante os dias da festa missas foram dedicadas à juventude, as crianças e as famílias em geral. Foram muitas as orações, cânticos, devoção, confissões e homilias pelos párocos e pelo Arcebispo Metropolitano D. Antônio de Almeida Lustosa. Numas das homilias o Revmo. Antônio Pequito instruiu as crianças para suas almas se conservarem puras e longe das falsas ideologias. Entre essas falsas doutrinas o padre citou o comunismo, a maçonaria e o mundanismo pecaminoso. 

RAIO X: “ARATUBA A CANTAR SE LEVANTA” - PARTE II


A HISTÓRIA DE UMA MÚSICA RELIGIOSA EUCARÍSTICA QUE QUASE VIROU HINO MUNICIPAL.
O próprio arcebispo D. Antônio de Almeida fez uma grande campanha contra o comunismo no Ceará, embora muitos padres fossem acusados de serem comunistas como o próprio Pe. Evaristo de Melo foi pelos seus opositores em Aratuba. Pergunta-se se o sermão de Pe. Antônio Pequito contra o comunismo era uma advertência à população aratubense ou uma indireta no próprio padre Evaristo. A primeira opção parece ser a mais coerente. A própria presença do arcebispo no congresso aumentava ainda mais a posição da igreja contra a ideologia marxista. O jornal O Nordeste de 12/Jan/1947 registra as palavras do bispo cearense de forte apelação contra o comunismo: “Os comunistas sempre foram e serão inimigos da Igreja. Nunca poderíamos aconselhar os eleitores que sufragassem um candidato pelos comunistas amparados.” Pelo que se sabe Pe. Evaristo era um fiel ministro da igreja e seguia as orientações de seu bispo, por isso as acusações de ser um comunista são altamente improváveis.
Parece que as perseguições ao Pe. Evaristo eram mais frutos de outros problemas locais. A senhora Albertina Farias Lima (Dona Albertina) destaca que o pároco Evaristo de Melo aconselhava aos pais sobre a responsabilidade de ensinarem os seus filhos e matricularem-nos no catecismo e que o mesmo tinha um grande cuidado com as crianças ao ponto de fundar um campo de futebol perto da matriz onde as crianças se divertiam após a instrução catequética. Uma pesquisa da professora Regina Magna, diz que padre Evaristo “construiu um campo de futebol num terreno, onde hoje é a Câmara Municipal, com o objetivo de proporcionar algum lazer para a população masculina, desviando-os da bebedeira....” O padre pregava contra o alcoolismo e até havia um documento que impedia os comerciantes de venderem bebida alcoólica após as 19 horas. Portanto havia conflitos entre o vigário e os comerciantes envolvendo princípios e interesses econômicos, até porque os comerciantes não obedeciam à proibição da venda de bebidas.
O livro De Cuhyté (Sesmaria) a Aratuba, de Pe. Neri Feitosa diz sem detalhes que Pe. Evaristo foi perseguido por 15 homens que foram até a cidade de Mulungú para o insultarem. A professora Regina Magna informa que padre Evaristo foi perseguido pelas autoridades aratubenses nas eleições para governo de 1947, sendo acusado de comunismo. E esse fato levou a se afastar da sede do município, concentrando seus trabalhos paroquiais nas capelas da zona rural e na paróquia de Mulungú. Os revoltosos da época, comerciantes aliados do subprefeito armaram ciladas para o pároco e se dirigiram até Mulungú com cassetes e verbalizaram palavras duras contra o vigário. O resultado desses acontecimentos foi a suspensão das missas dominicais e dias santos durante quatro meses na sede de Aratuba até decisão em contrário do Sr. arcebispo Dom Antônio de Almeida Lustosa.
A saída definitiva de Pe. Evaristo criou um período conturbado para a fé católica, gerando desconfiança e uma prolongada ausência de um padre fixo na Paróquia de Aratuba. Porém Pe. Evaristo não será o único padre perseguido e acusado de comunismo na história dos paroquiados de Aratuba, mais tarde, nas décadas de 60 e 70 os padres Zé Maria e Moacir serão também acusados e alvos da mesma pecha, embora num outro contexto histórico e ideológico bem diferente. Ambos estarão engajados aberta e corajosamente na luta contra os coronéis e em defesa dos pobres através das Cebs – Comunidades Eclesiais de Base¹, um movimento religioso católico de estudo bíblico comunitário, defesa dos direitos dos desfavorecidos e a distribuição de terras ao pequeno homem do campo e que por influência da Teologia da Libertação tomou um viés considerado comunista.
Foi desse congresso realizado com o esforço do pároco Evaristo de Melo que surgiu uma canção musical que marcou o Congresso Eucarístico de 1945, cuja letra é do Clérigo Manuel Edmilson e música do Dr. Alfredo de Oliveira. Sua importância e contribuição histórica é que a expressão “Aratuba a cantar se levanta” serviu para tornar o nome mais popular pois era um nome novo para o povo e assim ajudou na mudança Coité-Santo Dumont- Aratuba. Porém sua influência religiosa católica chegou ao ponto de ser cantado popularmente como Hino do Município exercendo uma forte influência nos festejos cívicos municipais que quase foi aprovado como Hino de Aratuba pelo Poder Legislativo. A mensagem de nº 008/2005 enviada pelo prefeito José Wolner Santos no ano de 2005 pedia a Câmara a sua oficialização. Na época em ofício datado de 21/03/2005 enviado ao prefeito e ao presidente da Câmara Municipal enfatizei a inconstitucionalidade do projeto. Era a primeira vez na história de Aratuba que um cidadão derrubava um Projeto de Lei de um prefeito utilizando-se de argumentos históricos, lógicos e éticos. Porém para complicar a situação eu era na época, Assessor de Comunicação Social do mesmo prefeito. Arrisquei o emprego e coloquei a obrigação de consciência e cidadania acima de um cargo de confiança. 

RAIO X: “ARATUBA A CANTAR SE LEVANTA” - PARTE III

A HISTÓRIA DE UMA MÚSICA RELIGIOSA EUCARÍSTICA QUE QUASE VIROU HINO MUNICIPAL.
O Projeto de Lei do prefeito Wolner Santos enviado ao poder Legislativo, solicitava aos vereadores que oficializassem o Hino do Município. O artigo 1º de sua mensagem e inciso único solicitava a oficializado do hino sem mencioná-lo como hino religioso eucarístico. Minha contestação na época alegava que o projeto feria os princípios de liberdade de crença num governo laico onde se fundamentam os preceitos da democracia e respeito à diversidade religiosa.
Em 2005 o município completaria seu 46º Aniversário de Emancipação Política, e por não possuir um hino, o prefeito achou por bem oficializar o hino do congresso já cantado há décadas nos festejos municipais. O artigo 4º da Lei Orgânica do Município afirma que: “São Símbolos do Município a Bandeira e o Hino Municipal”. Aratuba tem uma bandeira, mas não um hino. Porém os vereadores não poderiam aprovar uma música religiosa eucarística como um hino do município para solucionar a questão. O hino do Congresso é uma música de caráter exclusivamente religioso e não cívico, e que expressa em sua letra à crença no dogma católico da transubstanciação. O hino “Aratuba a cantar se levanta”, tem uma letra doutrinariamente católica e por isso não pode constituir-se num hino municipal. E além do aspecto teológico até suas referências as palmeiras é uma prova geográfica que trata-se exclusivamente da Igreja Católica de Aratuba.
Os próprios relatos da igreja afirmam que o hino é: “...de estilo popular e religioso, prima pelo bom gosto poético. É uma consagração de amor ao Deus dos Altares, e uma profissão de eucarística... a vibração do sentimento piedoso em louvor ao Deus-Hóstia”.(Grifos meus). Ora, como o hino era uma expressão musical de um congresso eucarístico e a Eucaristia, segunda a teologia católica, é a mudança intrínseca da natureza do pão e do vinho no corpo e sangue de Cristo, o hino então diz em seu coro:“...que por nós num milagre de amor, pequenino se fez na hóstia santa...”. Para você entender a diferença damos o seguinte exemplo: na Igreja Católica o padre diz ao distribuir a hóstia: “o corpo de Cristo”; numa Igreja Evangélica o pastor dirá: “símbolo do Corpo de Cristo”.  Há portanto uma enorme diferença entre um Culto protestante e uma Missa católica. Essa diferença é tão grande que o documento “Dominus Iesus” de Joshef Ratzinger antes de ser o papa Bento XVI aconselha aos católicos a não participarem das celebrações protestantes porque eles não crêem no dogma da presença real de Cristo na Ceia.
No dia 22 de março de 2005 os vereadores reprovaram por unanimidade o projeto que intencionava oficializar o hino do congresso eucarístico como Hino de Aratuba por entenderem sua inconstitucionalidade após as explicações da vereadora Adriana Silva Leitão que recebeu e leu meu ofício, enviado ao Presidente da Câmara em 21/04/05. Tanto a Comissão de Justiça e Redação como a Comissão de Educação, Cultura e Meio Ambiente emitiram parecer desfavorável ao Projeto de Lei. A Comissão de Justiça e Redação cujos membros eram Francisco Gerson Ferreira Castelo(Gersim), Adriana Silva Leitão e Francisco Cardoso de Souza(Zuil) afirmaram no parecer que: “Considerando que a matéria em questão fere preceitos da Constituição Federal, fundamentalmente no que diz respeito a liberdade de crença, pois em seu bojo, o HINO faz apologia a dogmas da Igreja Católica, tais como: “MILAGRE E HOSTIA”, e como em todo mundo, Aratuba também tem vários segmentos religiosos, e visto que hinos cívicos não podem exaltar nenhum segmento religioso, tornar-se esse, em parte, inconstitucional, razão pela qual emito parecer desfavorável”. E a Comissão de Educação, Cultura e Meio Ambiente formada pelos vereadores Francisco José Lima Ferreira(Chico Mariano), Francisco Cardoso de Souza(Zuil) e José Ivanildo Ferreira Tavares(Perneta) também emitiram parecer semelhante. Por unanimidade a oficialização do hino eucarístico foi rejeitada pelos vereadores de modo que posteriormente a isso não deve ser mais cantado como hino cívico, e sim, apenas como hino religioso pelos fiéis da igreja católica.

NOTAS
1 O Raio X publicará um artigo específico sobre as CEBs em Aratuba.

Referências Bibliográficas
ARATUBA, Paróquia de. Álbum do 1º. Congresso Eucarístico de Aratuba, 1945.
FEITOSA, NONATO. Neri e Raimundo Pereira Martins. De Cuithé (Sesmaria) a Aratuba. Gráfica e Editora Canindé, 2011.
REGINA, Magna. A Religiosidade de Aratuba. Trabalho não publicado, 2005.
Livro de Cântico da Paróquia São Francisco de Paula, 2005
Pareceres das Comissões da Câmara Municipal de Aratuba, Março de 2005

Aratuba: Escola Joacy Pereira em Luto

Morre a mãe da Coordenadora Pedagógica da Escola Joacy Pereira 
Foi velado nesta terça-feira (17) na cidade de Fortaleza, o corpo de dona Alice, mãe de Josélia Cruz que é Coordenadora Pedagógica da Escola Estadual José Joacy Pereira Josélia.
No final da tarde os alunos da sede e das extensões fizeram um minuto de silêncio em respeito ao delicado momento em que se encontra a professora Josélia com o adeus de sua mãe.